Diego Beunizam

Vamos ver no que vai dar...

Pages

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Eternamente um lancinho

Esse print é uma aula em todos os sentidos e posso lista-los:




1 - Antes de se envolver com alguém pesquise sistematicamente sobre a vida dessa pessoa, e tente saber quais são as linhas de pensamento dela... Mas não tente buscar isso em postagens compartilhada nas redes sociais, pois na internet todo mundo é "gente boa", ainda mais a sub raça de homens atuais que não mostram sua verdadeira face e agem de acordo com o que vai atrair mais mulheres, ou seja, vivem de aparências ideológicas. Alguns são capazes de ir totalmente sobre aquilo que realmente pensam apenas para conseguir chamar atenção de alguém. Poderia relatar aqui inume-os casos de amigas que soltaram essa frase:
"Quando eu o conheci... ele não agia dessa forma"

2 - Se você está carente, a chance de aceitar qualquer coisa e de se impressionar com qualquer coisa é altíssima... logo o padrão estipulado pelo seu subconsciente será baixo, pois pessoas carentes são vulneráveis e consequentemente se transformam em presas fáceis. Muitas mulheres que são mães solteiras acabam nessas condições de estipular um "padrão baixo" uma vez que a maioria dos homens inicialmente não pretende leva-las á serio... por isso o convívio é importante, é ele que faz os estereótipos serem quebrados e afoga o preconceito... pessoas não são feitas como em uma receita de bolo, cada mãe solteira tem sua historia... mas boa parte dos homens tendem a pensar que ali se encontra uma mulher que curtiu até não poder mais, "se ferrou" e agora precisa de um "otário" para curtir momentos românticos e apadrinhar o filhinho. E usando essa linha de pensamento, eles vão atrás de sexo fácil (ou pelo menos pensam que é fácil) e para isso usam das mascaras mais compreensivas, pelo menos no inicio.

3 - Muitas mulheres tentam mascarar a responsabilidade que é ter um filho... passando a ideia de que "não terão empecilhos no namoro", quando na verdade, deveria ser exatamente o contrario. Deveriam deixar claro que o filho é prioridade... assim sendo, é o cara que vai tentar mostrar que também tem valor, e vai tentar buscar seu lugar, e se ele estiver afim apenas de sexo... vai desistir, ou pelo menos vai sofrer um bocado até conseguir o que quer... e quando conseguir pode ser que dê valor, pois não foi algo que veio de mão beijada... a maioria dos homens que se relacionam com "mães solteiras" querem ir logo para parte final das coisas... E vou dizer uma verdade dolorosa!! Quando não se tem muito a oferecer, o sexo vira uma válvula de escape!! E a verdade é que a maioria das pessoas hoje em dia são fúteis e não tem muito o que oferecer além de uma foda mal dada!

Um comentário:

  1. Sou pai de dois filhos lindos, estou casado a 18 anos e minha esposa na época que conheci já tinha uma filha de 4 anos, sofri foi preconceito na época por pensarem dessa forma de mim, e mais imaginaram até que eu ia abusar da criança, mais hoje sou respeitado por todos criei a minha enteada como se fosse minha filha que hoje tem 22 anos. Mais para esses casos de pais que não assumem existe a justiça, é de obrigação ajudar financeiramente a mãe na criação do filho.

    ResponderExcluir